image (1)

Representantes do governo do Estado e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet) reuniram-se nesta quinta-feira, 13 para tratar das reivindicações da categoria, que está em greve há mais de dois meses. Segundo informações da assessoria de imprensa, o secretária da Administração, Geferson Barros se comprometeu a realizar uma nova análise das reivindicações junto aos demais secretários envolvidos nas negociações e agendar um novo encontro com os representantes do Sintet.

O sintet informou que espera por uma nova proposta da secad, que deverá ser levada para assembleia da categoria.

O encontro ocorreu na sede da Secretaria da Administração (Secad) e contou com a presença de Barros, do secretário da Comunicação, Rogério Silva , do presidente do Sintet, José Roque, dentre outros sindicalistas.

Movimentação

Pela manhã, os professores da rede estadual de ensino fizeram protestos na manhã de hoje na região Sul da Capital e em frente ao Palácio Araguaia, durante o lançamento do 9º Salão do Livro. Logo no inicio da manhã, os manifestantes fecharam a TO-050 e queimaram pneus, perto do Setor Jardim Aureny IV. Depois, seguiram com as faixas cobrando a valorização dos profissionais em Educação, para a Praça dos Giraassóis.

Os professores tentaram entrar no Palácio Araguaia, durante o lançamento do Salão do Livro, mas foram impedidos por policiais militares. Após o evento, os manifestantes seguiram para a Secretaria da Administração (Secad), para seguir com os protestos. (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.