imagesA construção da hidrovia no Rio Tocantins para que se torne equipamento de desenvolvimento do Estado será o tema de palestra a ser ministrada nesta quinta-feira, 13, em Palmas, pelo superintendente de Desenvolvimento Econômico da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Vilmar Carneiro, em evento de comemoração do Dia do Economista.

O superintendente mostra a necessidade e o esforço do Governo do Estado em buscar parcerias e empreendedores para desenvolver o projeto, passando pela construção das eclusas nas três barragens existentes no rio, derrocamento dos trechos rochosos em seu leito, construção de 12 portos e armazéns de carga e descarga, implantação da sinalização diurna e noturna e balizamento.

“Estima-se que serão necessários investimentos em torno de R$ 5 bilhões, e nosso esforço agora é nivelar esses entendimentos com todas as forças governamentais, representativas e organizadas da sociedade, visando despertar nossos representantes políticos em todas as esferas para, depois, buscar sensibilizar empreendedores e investidores dispostos a enfrentar esses desafios por meio de concessões ou parcerias público privadas, cujo retorno, em princípio, se mostra garantido num espaço razoável de tempo”, afirma.

Vilmar Carneiro sugere que os portos e armazéns sejam construídos nos municípios de Tocantinópolis, Aguiarnópolis, Peixe, Brejinho de Nazaré, Porto Nacional, Palmas, Miracema, Pedro Afonso, Itapiratins, Palmeirante e Babaçulândia, e que esse modal de transporte, integrado à Ferrovia Norte Sul e à BR-153, tornará o Tocantins o caminho mais curto e mais rentável para o escoamento da produção dessa região central do Brasil rumo aos portos da Região Norte para o mundo.

Ele diz também que alguns grandes empreendedores já iniciaram contatos com o Governo do Estado, a exemplo do diretor geral do grupo Euroconsult no Brasil, Andrés Alvarez Wurtenberger que, em reunião preliminar, demonstrou interesse na parceria. “Agora, vamos também em busca de cooperação do governo federal para definirmos um modelo de concessão a ser empregado nessas parcerias público-privadas”, acrescenta.

A palestra será ministrada durante a Noite do Pensamento Econômico, que é promovida pelo Conselho Regional de Economia (Corecon-TO), em comemoração ao Dia do Economista, celebrado em 13 de agosto. O evento será realizado no restaurante Casa Cave, em Palmas, a partir das 19h30.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.