Um leilão com bens avaliados em mais de R$ 13 milhões será promovido nesta terça-feira (4), pela Justiça Federal do Tocantins. São carros, casas, lotes, fazendas e chácaras referentes a execuções fiscais e cumprimento de sentenças. O leilão será realizado no auditório da sede da Seção Judiciária do Tocantins (SJTO), em Palmas, a partir das 13h.

As propostas também podem ser oferecidas pela internet, neste site. O critério de arremate será pelo maior lance, superior ao da avaliação. Se não houver interessados, acontecerá um segundo leilão, no dia 18 de agosto, sendo que nesse valerá a melhor oferta, desde que não seja preço inferior a 50% do valor da avaliação. Os interessados poderão parcelar o bem adquirido em até 60 vezes.

Parte dos bens penhorados é proveniente de pessoas e empresas com dívidas com o Poder Público. O dinheiro arrecadado no leilão será destinado ao pagamento dessas dívidas, que podem ser impostos, contribuições, multas por infração ambiental, entre outras. Mas há também penhora de bens de condenados por atos de improbidade e danos ao erário. O edital com o detalhamento dos bens, valores e condições gerais está disponível neste site na sessão “avisos”. (G1)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.