rogerio silvaAmedrontado com a reação do deputado estadual, Eduardo Siqueira Campos (PTB), o governador Marcelo Miranda usou Rogério Silva, que é uma espécie de “primeiro-ministro” do governo, para responder publicamente os questionamentos sobre o paradeiro do helicóptero da Segurança Pública, que está sumido desde que o novo governo assumiu.

O “primeiro-ministro” Rogério Silva, partiu para o ataque e acusou Eduardo Siqueira de ser o responsável pelo esvaecimento do equipamento de segurança. Segundo Rogério, ainda quando Eduardo mandava no governo, ele encaminhou a aeronave para uma revisão no mês de julho de 2014 e nunca pagou a empresa de manutenção, portanto o helicóptero estaria impedido de sair da “oficina”.

Rogério Silva disse ainda que só o débito da manutenção e do seguro não pagos por Eduardo Siqueira, já somam mais de R$ 1 milhão. O “primeiro-ministro” também disse que os estado tem outras prioridades.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.