Cerca de dois mil trabalhadores rurais ligados ao Movimento Sem Terra (MST) montam acampamento desde o início da manhã desta segunda-feira (3) em uma área que fica às margens da estrada de ferro Carajás e também da principal estrada de acesso à zona rural de Parauapebas, no sudeste do Pará.

De acordo com o MST, a ação integra uma mobilização nacional dos trabalhadores, que reivindicam junto ao Governo Federal a desapropriação de fazendas na região, que já estariam ocupadas há mais de 10 anos.

Segundo o Movimento, a proposta é permanecer na área até que o Governo atenda à pauta de reivindicações.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.