ilanyUma mulher de 26 anos morreu nesta terça-feira (11) com queimaduras de segundo grau em 75% do corpo, de acordo com o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, onde estava internada desde o último dia 8. Ilany Lobato dos Santos foi vítima do próprio companheiro que, segundo a polícia, jogou gasolina e ateou fogo na mulher. Ela era mãe de três crianças.

Davi Alves Ferreira, marido da vítima, foi preso em flagrante logo após o crime por tentativa de assassinato. Com o óbito de Ilany, ele responderá por homicídio. Segundo a polícia, ao ser detido Davi alegou que tudo ocorreu de maneira acidental. Parte da residência do casal também foi atingida pelas chamas.

O crime ocorreu no bairro de Val-de-Cães, em Belém, o último sábado (8). De acordo com testemunhas, Davi já havia ameaçado diversas vezes matar a esposa queimada. O caso foi registrado e é investigado pela Delegacia da Mulher.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.