tegram__presidenta_dilma_rousseff_inaugura_o

A presidente Dilma Rousseff disse que os investimentos em infraestrutura nas regiões Norte e Nordeste, como o Terminal de Grãos (Tegram) do Porto do Itaqui, em São Luís, são considerados estratégicos para o desenvolvimento do país. As declarações foram dadas durante a cerimônia de inauguração da obra realizada nesta segunda-feira (10), na capital maranhense.

“No passado, o Norte e o Nordeste do país não eram considerados estratégicos para o desenvolvimento do país. Hoje, quem desconhecer o Norte e o Nordeste está fazendo um desserviço ao país”, enfatizou, sendo aplaudida em seguida.

No discurso, Dilma afirmou que o início das operações no terminal maranhense, que amplia a capacidade de exportação de grãos no Arco Norte do Sistema Portuário Brasileiro, é um exemplo dos investimentos em infraestrutura já realizados pelo governo federal no últimos anos.

“Mesmo considerando que o mundo passa por uma crise, é justamente agora que a nossa infraesturura vai ser chamada a ter um desempenho para garantir a nossa competitividade. Estamos na segunda fase desse projeto de investimento em logística”, lembrou.

A presidente observou que o Tegram descongestiona o escoamento da exportação agrícola pelo chamado Arco Sul do Sistema Portuário (portos em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

“Temos de ter consciência de que o Brasil não está parado. O Brasil tem um estoque de investimentos em infraestrutura que estão sendo maturados, ou seja, começaram lá atrás e agora estão sendo entregues”, concluiu.

Antes do discurso da presidente, o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), que já havia saído em defesa da presidente durante a cerimônia de entrega de unidades do Minha Casa, Minha Vida (MCMV), disse que a crise não chegou ao Porto do Itaqui.

“Sabemos que há uma crise mundial e brasileira e essa crise não chegou ao Porto do Itaqui, que continua a ser e será por muito tempo, o principal porto do Arco Norte do Brasil”, garantiu.

Segundo Dino, a Emap realizou cortes e melhorou as receitas do porto em 1.800% em relação ao primeiro semestre do ano passado. “A Emap, que cortou despesas administrativas, cortou custos operacionais e melhorou as suas receitas, tem um resultado 1.800 por cento melhor”, disse.

Estiveram presentes representantes do executivo estadual, municipal, deputados federais e estaduais, além de membros da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Presidente repudia vale-tudo

Pela manhã, Dilma fez um “apelo” contra o que ela chamou de “vale-tudo” para atingir “qualquer governo, seja federal, estadual ou municipal” ao falar da crise pela qual o país passa que, segundo ela, seria “travessia”, uma situação “temporária”.

“Vou fazer um apelo. Vamos repudiar sistematicamente o vale-tudo para atingir qualquer governo, seja o governo federal, seja o governo dos estados, dos municípios”, disse a presidente. “No vale-tudo, quem acaba sendo atingido pela torcida que eu já disse do ‘quanto pior, melhor’, é a população do país, dos estados e dos municípios'”, acrescentou.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.