image

Preso na Assembleia Legislativa (AL) desde o último dia 31, por não pagar os R$ 50 mil estipulados pela Justiça à ex-companheira, o deputado estadual Mauro Carlesse (PTB) presidiu parte da sessão na manhã desta terça-feira, 11e.

Nesta manhã, a sessão na AL foi aberta pelo presidente Osires Damaso (DEM), que precisou se ausentar, abrindo espaço para Carlesse, que é o segundo vice-presidente, assumir a presidência. A primeira vice-presidente da Casa é a deputada Luana Ribeiro (PR), ausente na sessão desta manhã.

Caso

Mauro Carlesse está preso em seu gabinete, mas na semana passada conseguiu autorização do juiz titular da Vara de Precatórias Civeis, Falências e Concordatas, Agenor Alexandre da Silva, para participar das sessões. Após a sessão, o parlamentar precisa voltar para o seu gabinete, que está sob guarda da Polícia Militar.

O deputado pagou R$ 5.656,82 de pensão no último mês, porém a Justiça teria entendida que o valor ideal da pensão é de R$ 50 mil, conforme demanda da ex-esposa. Carlesse disse que não tem condições de pagar uma pensão no valor de R$ 50 mil e avaliou como um exagero em comparação ao seu salário (R$ 25.322,25). (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.