A greve dos servidores da rede estadual de Educação, que se iniciou em 5 de junho, pode estar próxima de acabar, depois que o governo reformulou a proposta apresentada na semana passada para o Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado (Sintet). Uma assembleia geral já está marcada para quinta-feira, às 14 horas no Rancho Bahia, em Palmas.

Nesta reformulação, o governo do Estado teria diminuído o número de parcelas referentes ao passivo das progressões de 2013 para quatro, que devem ser pagas ainda em agosto, setembro, outubro e novembro deste ano. Na última proposta apresentada, o governo informou que pagaria em cinco vezes, ou seja, até dezembro.

Em relação às progressões de 2014, a mesma será dividida em duas vezes, sendo a primeira em setembro e a segunda em outubro deste ano. Já sobre os passivos, estes deveram ser pagos em quatro parcelas, com início em dezembro deste ano. Para o Sintet o indicado era começar a pagar ainda em novembro.

Para as progressões de 2015, não houve acordo, uma vez que o governo do Estado informou que serão incorporadas e suas diferenças serão pagas no segundo semestre de 2016. Na proposta do Sintet a solicitação era para o pagamento ser feito ainda no primeiro semestre de 2016.

Procuradas, as Secretarias Estaduais de Administração e Educação não se manifestaram a respeito da reformulação da proposta. (Jornal do Tocantins)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.