IMG-20150831-WA0142

Aumentar a produção, gerar mais emprego e renda e estabelecer novos patamares para o desenvolvimento da economia brasileira são algumas das propostas do programa O Campo na Classe Média, que foi apresentado na manhã de ontem, pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, para cerca de 30 prefeitos das microrregiões do Bico do Papagaio, Araguaína e Miracema. No total cerca de 17 prefeito do Bico do Papagaio compareceram. O projeto é voltado para produtores rurais, que trabalham em diversas atividades do setor agropecuário.

IMG-20150831-WA0181

Segundo a ministra, no Tocantins devem ser beneficiados cerca de 30 mil produtores de 79 municípios. “Estamos trabalhando na hipótese de ampliar a classe média do país. Nós temos tecnologia, terras, clima, força de trabalho e precisamos democratizar tudo isso. O programa é uma oportunidade para que os pequenos produtores tenham condições de trabalho, como assistência técnica continuada uma vez por mês durante dois anos e qualificação profissional”, disse.

Para o prefeito de Nazaré, Clayton Paulo Rodrigues, a expectativa para o programa é boa. “Esperamos que o programa venha atender a demanda da classe rural do nosso município e melhore a qualidade de vida deles. No meu município especificamente a maior demanda é na agricultura familiar”. (Jornal do Tocantins/Foto: Cokim)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.