img-20150814-wa0010A representante tocantinense no Miss Bumbum 2015, Débora Dunhill, de 27 anos, está em quinto lugar no ranking do concurso. Nesta sexta-feira (14), ela contou que está confiante na briga pelo título de bumbum mais bonito do país e satisfeita com o apoio que tem recebido nas redes sociais. A modelo, que já foi atriz pornô, diz que já não sofre mais com o preconceito das outras concorrentes por causa da antiga profissão, e que tem recebido muito apoio dos fãs nas redes sociais.

“A situação mudou bastante. Agora estou com foco total no concurso e confiante. Quero ganhar essa faixa e esse título para o Tocantins”, comentou a modelo. A votação para a escolha das 13 finalistas que concorrerão ao título de bumbum mais bonito do Brasil segue até o dia 1° de novembro, pela internet. A vencedora será capa da revista Sexy e ganhará R$ 50 mil em contratos publicitários.

Polêmica

No início do concurso, pelo fato de ser ex-atriz pornô, a candidata foi vítima de fortes críticas por parte do público e de algumas concorrentes. Naquela ocasião, a organização disse que a modelo estava realmente sendo alvo de preconceito, mas informou que a expulsão da Miss Tocantins estava descartada.

“Não quero me promover com isso e nem ser a coitadinha de tudo. Essa não foi a primeira nem será a última vez que sofro esse tipo de preconceito, mas independente do que fiz, faço ou deixo de fazer, o mínimo que espero é respeito”, disse a modelo naquela ocasião.

Tocantins

Em 2014, o estado ficou sem uma representante no Miss Bumbum. Naquele ano, a organização do concurso informou que a candidata do estado foi desclassificada por causa de alterações no sistema de votação. Ela teria recebido votos por meio de programas de computador. (G1)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.