Estima-se que ocorreram 164 homicídios com arma de fogo no Tocantins em 2014. O maior número de vítimas fica em Palmas, 41 mortes; em segundo lugar aparece Araguaína, com 40; seguida de Gurupi, com 19. Nos rankings nacionais de homicídios, que contabiliza a taxa média de morte por 100 mil habitantes, o Tocantins aparece na 24ª posição e Palmas, na 22ª. Os dados são do Mapa da Violência 2016: homicídios por armas de fogo no Brasil, uma pesquisa da Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais (Flacso).

Avaliando os dados nacionais, o Tocantins tem uma taxa média de homicídios maior que Santa Catarina, São Paulo e Roraima. Os líderes em vítimas de arma fogo são Alagoas, Ceará e Sergipe, todos da Região Nordeste. Em Alagoas foram registradas 56,1 mortes a cada 100 mil habitantes. No Tocantins são 11,2 vítimas fatais por 100 mil habitantes.

A taxa média nacional em 2014 foi de 30,3, que significa 42.291 vítimas fatais, um aumento de 23,7%, em comparação a 2004 (34.187 mortes), e 4,8 em relação a 2013 (40.369 mortes).

Comparativo

Nenhum município tocantinense está no ranking das 150 cidades mais violentas do País, porém sete apresentam uma taxa média de homicídio acima da estadual. São elas: Palmas, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Taguatinga, São Miguel do Tocantins e Nova Olinda. No ranking nacional, que inclui todas as cidades, Araguaína fica na 506ª posição. (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.