O Poder Judiciário do Tocantins avança nas políticas de conciliação, e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ronaldo Eurípedes, inaugurou mais três unidades do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) nos municípios de Tocantinópolis, Araguatins e Augustinópolis.

Na Comarca de Tocantinópolis, a solenidade de entrega do Centro foi realizada na última sexta-feira, 12, e contou com a presença de magistrados, servidores e autoridades locais. No evento, o presidente do falou sobre a importância de se implantar a cultura da conciliação na sociedade. “O Cejusc é um dos pilares da mudança na prestação jurisdicional. Somos um Judiciário de vanguarda, nos orgulhamos disso, investimos na pacificação social e acreditamos no trabalho dos Centros, pois sabemos que eles representam um novo momento para a Justiça brasileira”, disse o magistrado.

TJT_5785

A coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), juíza Umbelina Lopes Pereira, também esteve presente na entrega das três novas unidades do Cejusc e destacou a importância das ações voltadas para o tratamento adequado da solução de conflitos. “A conciliação está ganhando protagonismo no sistema de Justiça, a magistratura tocantinense está empenhada na busca pela pacificação social e estamos felizes em receber o apoio do Tribunal. Desenvolver projetos que estimulem e auxiliem a solução amigável dos processos é oferecer à população a opção do diálogo e, com certeza, toda a sociedade tem a ganhar com isso”, concluiu.

O coordenador do Cejusc de Tocantinópolis, juiz Helder Carvalho Lisboa, ressaltou a importância da implantação dos Centros também nas comarcas do interior do estado. “Temos que tratar o cidadão que procura o Fórum com atenção, e o Cejusc abre as portas para ouvir os jurisdicionados e oferecer uma solução mais rápida às suas demandas”, afirmou.

Araguatins

TJT_6194

Na Comarca de Araguatins, a solenidade de entrega do Cejusc foi realizada na manhã desta segunda-feira, 15. Magistrados e servidores participaram da cerimônia.

Para o coordenador do Centro da Comarca, juiz José Carlos Tajra Reis Júnior, “a estruturação do Cejusc demonstra preocupação do TJ com a busca pela pacificação social e coloca o Tocantins, mais uma vez, à frente dos demais tribunais do Brasil”.

Augustinópolis

TJT_6284

Em Augustinópolis, a cerimônia de entrega do Cejusc foi realizada também nesta segunda-feira, 15, e, além da presença de magistrados e servidores, o evento foi prestigiado por diversas autoridades locais e estudantes do curso de Direito da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) e da Faculdade do Bico do Papagaio (Fabic).

Para o diretor do Foro e coordenador do Cejusc, juiz Jefferson David Asevedo Ramos, a entrega da unidade à Comarca representa uma conquista para a região norte do Tocantins. “O TJ está nos presenteando com a estrutura necessária na busca pela paz social, acredito no trabalho dos servidores do nosso sistema de Justiça. Somos agentes da pacificação e todos nós estamos comprometidos com os objetivos do Centro”, afirmou o magistrado.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.