Por causa da falta de segurança em unidades e agências da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) no Bico do Papagaio, assim como no restante do estado, os funcionários da empresa podem parar o trabalho por tempo indeterminado. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos do Tocantins (Sintect), a greve está prevista para iniciar nesta quinta-feira, 11.

Os estabelecimentos onde funcionam os correios, vem sendo alvos constantes de assaltos. A agência de Araguatins por exemplo, sofreu só este ano, três ataques.

Apesar dessa sensação de insegurança, conforme o Sintect, no final do mês passado foi anunciado que seis agências ficariam sem vigilantes. Conforme os Correios, o corte se deve a atual crise econômica no país que afeta o serviço. Para o sindicato, a decisão de não investir em segurança para os trabalhadores “é uma decisão absurda”, diz a convocação.

O sindicato informou que a greve deve durar até que a vigilância armada seja retomada nas unidades e que sejam implantados dispositivos de segurança em outras agências.

As agencias das três principais cidades do Bico, Araguatins, Tocantinópolis e Augustinópolis, devem decidir da tarde desta quarta-feira, 10, se realmente vão aderir ao chamado do Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos do Tocantins (Sintect).

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.