Nesta segunda-feira, 29, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia Dr Vitor Moutinho (Unacon), promoverá campanha em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Fumo, hábito associado à mortalidade por diversos tipos de câncer e responsável por 90% das mortes nesse tipo de ocorrência no Brasil. A ação, organizada pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), tem objetivo de conscientizar a população sobre os perigos do fumo, que causa não apenas transtornos mentais e comportamentais, como é também a principal causa de adoecimentos e mortes precoces no mundo.

“É nosso papel evidenciar os perigos do fumo e suas doenças associadas. Cerca de 30% dos cânceres não existiriam mais se as pessoas deixassem de fumar”, destaca a enfermeira oncologista Juliana Lima Oliveira, membro do GTH, destacando a importância da ação promovida pelo hospital.

No dia 29, a equipe multiprofissional da unidade estará focada nas ações de esclarecimentos aos colaboradores, pacientes e usuários dos serviços. De 14h as 17h haverá palestras sobre o tema, distribuição de material educativo e apresentação de vídeos. Às 15h, membros da equipe de enfermeiros da Unacon ministrarão palestra sobre o tema a alunos da Escola de Ensino Fundamental “Rui Barbosa”.

Apesar dos números registrados até 2015 no Pará sobre o tabagismo, o diretor executivo da Unacon, Thiarle Dassi, ressalta que ainda há o que se comemorar. “O índice de pessoas que consomem cigarros e outros derivados do tabaco é 20,5% menor que o registrado cinco anos atrás”, reforça.

A Unacon Tucuruí funciona desde abril deste ano com oferta de consultas ambulatoriais, quimioterapia, exames de análises clínicas, endoscopia e colonoscopia e ultrassonografia. A previsão é de que a partir de outubro a unidade passe a dispor de radioterapia e braquiterapia.

A Unacon Tucuruí é uma unidade de saúde do governo do Estado, administrada pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.