O alto índice de acidentes de trânsito nas estradas de Açailândia, tem chamado atenção. A média foi de um acidente por dia nas duas últimas semanas do mês, segundo relatório do SAMU. Só no útimo final de semana foram sete acidentes e duas pessoas morreram.

Segundo Luis Lima, socorrista do SAMU, além da gravidade dos acidentes outro fator preocupante é que as vítimas geralmente são do sexo masculino e apresentam sinais de embriaguez.  “Na hora do socorro nós sentimos o hálito etílico indicando que eles teriam ingerido bebida alcoólica antes de dirigir”, contou.

Em um desses acidentes que aconteceram no perímetro urbano da BR-222  o passageiroTálisson Martins Pitombeira ficou preso nas ferragens depois que o caminhão em que ele estava desceu uma ribanceira. Ele deu entrada no hospital municipal, mas não resistiu. O motorista do veículo, Marcos Wemerson Silva Santos que, segundo a PRF não tinha habilitação, saiu com escoriações pelo corpo.

Dez horas após este acidente, outro foi registrado próximo ao mesmo local. O veículo conduzido por André Oliveira Sousa saiu da pista e capotou. Ele foi socorrido e levado para Imperatriz, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.