DSCF5807

A reunião do Diretório do PMDB terminou ainda no sábado, 5, mas os desdobramentos dos discursos e conversas continuam rendendo. Nesta quarta-feira, 9, vereadores questionaram o discurso do deputado estadual, Rocha Miranda (PMDB), que teria criticado a atuação dos parlamentares.

O primeiro a usar a Tribuna e responder as críticas foi Sérgio Gomes (SD). O parlamentar lembrou que não é obrigado a participar de reunião do PMDB e que talvez por isso, o deputado tenha ficado chateado. “Porque que eles não lembraram que o estado está no fundo do poço? Todo cheio de barro tampando buracos nas estradas. O Rocha Miranda disse que fez Araguatins. Ele fez o auditório ali atrás do Nair Duarte e deixou a obra inacabada com o recurso todo consumido. Cadê o dinheiro?. Temos mais três creches que estão caindo, cadê o dinheiro? Cadê a dívida patronal que ele deixou 5 anos sem pagar? Eles tirou R$ 5 milhões do Funprev”, comentou o vereador

Sobre as criticas feitas por Rocha Miranda sobre o sistema de água e a autorização para o aumento de tarifa, Sérgio disse que o deputado deveria explicar primeiro onde foi parar os R$ 5 milhões anunciados por ele, para a melhoria e ampliação do sistema.

Jairo disse que para Rocha Miranda falar mal dos vereadores, deveria primeiro analisar a vida dele próprio. “Todos nós sabemos como ficou Araguatins quando ele saiu do comando da Prefeitura. Quantos convênios ficaram. O recurso foi não sei pra onde. Mas as dívidas ficaram para a gestão do Lindomar. Todos nós somos prova do rombo no Funprev”, disse em um trecho do seu discurso.

Abrão lembrou que Rocha Miranda deixou salários atrasados, 13ª atrasado, pagamentos de consignados e diversas obras paralisadas. Já o vereador Irmão Azevedo, durante aparte, afirmou que os parlamentares devem seguir o parecer do Tribunal de Contas que reprovou as contas de Rocha Miranda.

Rômulo comentou que respeita o deputado, mas achou desnecessárias as criticas do parlamentar, até porque a reunião era partidária. “Me admira o deputado Rocha Miranda criticar os vereadores de Araguatins, mas em Palmas ele foi um dos oito deputado que votou pelo aumento de impostos que o governador enviou para a Assembleia. Ele age com incoerência”, disse.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.