O pontapé inicial para o recadastramento dos servidores públicos do Estado será dado nesta terça, 1º de setembro, às 14h30, com uma reunião técnica entre a equipe da Secretaria da Administração (Secad) e representantes setoriais de Recursos Humanos (RH) dos órgãos do Poder Executivo. O encontro vai ocorrer no auditório da Escola de Governo (103 Sul), com abertura feita pelo secretário da Administração, Geferson Barros.

O recadastramento será dividido em duas fases. Na primeira, que começa nesta terça, os servidores deverão preencher formulário que será disponibilizado online no portal da Secad e links de acesso nos demais sites do Governo. Na segunda fase, os servidores deverão apresentar documentos comprobatórios das informações apresentadas, se houver necessidade, além de fazer a coleta de digitais, para futura instalação de pontos eletrônicos.

De acordo com Geferson Barros, o recadastramento é a primeira etapa de um trabalho amplo, que resultará na Auditoria da Folha de Pagamento. Estão previstas ainda outras três etapas, que consistem na análise da tributação da Folha, análise processual de concessões de progressões nos últimos cinco anos e projeção econômica dos planos de carreira.

Cronograma

O recadastramento é obrigatório para todos os servidores públicos ativos, civis e militares, efetivos ou não. A coleta de dados ocorrerá entre 1º de setembro e 1º de dezembro. Quem não se recadastrar terá o pagamento do salário suspenso.

Os servidores terão até 30 de setembro para preencher o formulário online. Quem não tiver acesso a computador deverá procurar o auxílio dos servidores do RH de seu órgão de lotação. Uma central de informações atenderá pelo telefone (63) 3218-1528.

A segunda fase do recadastramento começa em 1º de outubro. Os servidores da Capital deverão levar seus documentos e recolher as digitais nos próprios RHs. Para facilitar o acesso aos servidores lotados nas demais cidades haverá postos de atendimento montados em cidades-polo. Entre 15 de outubro e 15 de novembro, o trabalho de recadastramento será levado aos municípios de Paraíso, Porto Nacional e Miracema. De 1º de novembro a 1º de dezembro, serão atendidos os servidores dos demais municípios.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.