img-20160926-wa0118

Na manhã desta segunda-feira, 26, alunos da rede estadual de ensino organizaram um protesto em apoio a professores grevistas e o fim do impasse que suspendeu as aulas. Os estudantes percorreram ruas do centro da cidade e finalizaram a ação na sede da Diretoria Regional de Educação (DRE), em Araguatins.

Os professores estão parados, junto com outras categorias de servidores públicos estaduais, cobrando do Governo do Estado, os retroativos da reposição geral anual (data-base) de 2015, e também a implantação do índice de 9,8307% referente à revisão geral anual (data-base) de 2016.

O aluno Kevin Carvalho Lopes, do Centro de Ensino Médio Antonina Milhomem, disse que a reivindicação é pacifica e pediu do Governo agilidade da resolução do problemas. “Precisamos urgentemente que as aulas voltem. Já faz mais de um mês que estamos sem aulas. Compreendemos a situação dos professores e queremos que o Governo tome logo a atitude de resolver”, disse.

img-20160926-wa0115

Já Pablo Henrique Morais Silva, do Colégio Leônidas Gonçalves Duarte, comentou que quer a volta imediata das aulas. “Vejam a quantidade de estudantes aqui. Todos estamos prejudicados por um impasse que vem nos afetando. Pedimos encarecidamente que o Governo resolva logo isso”, comentou.

O grupo foi recebido por representantes da Diretoria Regional de Ensino, que afirmaram que o Governo tem feito esforços para encontra uma saída para o problema. Mas não se posicionaram quanto a previsão da volta as aulas.

Nesta terça-feira, 27, outro protesto público de apoio aos professores, acontecerá nas ruas de Araguatins. Dessa vez, os pais de alunos que são solidários ao movimento grevista, também realizaram uma caminhada e um ato em frente a rodoviária, que acontecerá às 17h.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.