Rayra, Cida, Ana Claudia e Artenys presos pela Polícia Civil por tráfico de drogas
Rayra, Cida, Ana Claudia e Artenys presos pela Polícia Civil por tráfico de drogas

Dando continuidade às ações de combate e repressão à criminalidade, no Bico do Papagaio nesta quinta-feira, 22, a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 10ª Delegacia Regional de Araguatins, deflagrou uma grande operação policial, em Augustinópolis, a qual resultou na apreensão de mais de 230 pedras de crack, porções de maconha, balança de precisão, cocaína, além da prisão em flagrante por tráfico de drogas de quatro pessoas.

Durante a operação, que foi comandada pelo delegado regional Eduardo Morais Artiaga e pelo delegado de Augustinópolis, Alicindo Augusto de Souza, foram presos Artenys Ferreira Aguiar, 27 anos, Maria Aparecida Pessoa Lima, 30 anos, Ana Claudia Teixeira Lima, 36 anos e Rayra Tayllana de Sá Silva, 23 anos. Conforme o delegado Artiaga, a operação foi deflagrada, após a polícia civil receber várias denúncias informando que os quatro indivíduos estariam envolvidos com o tráfico de drogas, na cidade e que, nesta quinta-feira, receberiam uma quantidade considerável de entorpecente.

Drogas apreendidas em poder da quadrilha
Drogas apreendidas em poder da quadrilha

Com base nas informações recebidas, os agentes intensificaram as investigações e, após várias horas de monitoramento, deslocaram-se até a residência de Ana Cláudia, a qual fica localizada no bairro Santa Rita, onde flagraram Ana e os outros três suspeitos, embalando o entorpecente. Em seguida, os policiais foram até o bar, o qual Rayra, gerencia, onde a mesma entregou aos agentes outras porções de drogas.

 Diante das evidências, Artenys, Maria Aparecida, Ana Cláudia e Rayra foram presas e conduzidas a Central de Flagrantes de Augustinópolis, onde foram autuados pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após os procedimentos que a lei determina, todos foram recolhidos à carceragem da Cadeia Pública daquele município, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. (Rogério de Oliveira)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.