A Secretaria de Estado da Administração (Sead) do Pará informou que 5.049 pessoas não compareceram à prova objetiva do concurso público da Polícia Civil do Estado (PCPA), realizada na manhã deste domingo (11) em Belém, Marabá, Santarém e Altamira. O número representa 18,25% dos 27.651 inscritos para concorrer às 500 vagas ofertadas para os cargos de investigador, escrivão e papiloscopista.

Segundo a organização do concurso, Belém foi a cidade que registrou maior índice de faltosos. Cerca de duas mil pessoas faltaram às provas em Marabá e Santarém, e o menor índice de faltas foi registrado em Altamira. As 150 vagas para o cargo de delegado serão disputadas por 14.508 concorrentes no próximo dia 25.

Os dados foram apresentados em uma entrevista coletiva foi realizada na tarde deste domingo com a presença da secretária de Administração do Estado, Alice Viana, do procurador do Estado, Ricardo Sefer, do delegado geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, e de Sílvio Lutz, coordenador de projetos e concursos da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), a organizadora do concurso.

De acordo com Lutz, tanto a prova como o gabarito estarão disponíveis no site da Funcab a partir das 12h desta segunda-feira (12). Nos dias 13 e 14 de setembro, os inscritos já poderão interpor recursos contra o gabarito preliminar. As próximas etapas do concurso são a capacitação física, exame médico, exame psicológico, investigação criminal e social e curso de formação, de acordo com o edital. O resultado final do concurso está previsto para março de 2017.

Ainda de acordo com a organização, o exame transcorreu normalmente, sem a ocorrência de tumultos. Duas ocorrências foram registradas em Belém, onde duas pessoas tentaram se passar por candidatos para fazer a prova. Eles foram detidos, apresentados na Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE), autuados em flagrante e responderão por falsidade ideológica e tentativa de fraude em concurso público.

Outras duas situações de candidatos com aparelhos celulares escondidos nas salas de aula foram registradas. Eles foram convidados a se retirar e eliminados do concurso, como é previsto no edital.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.