A Polícia Militar afirmou hoje, por meio de nota, que “não houve interrupção do abastecimento das viaturas”. A informação estava sendo divulgada por um áudio em grupos de redes sociais desde a última terça-feira. Ontem o governo admitiu que não havia pago o fornecimento de combustível das viaturas, alegando que o pagamento seria efetuado hoje.

Segundo a Polícia Militar, a autoria do áudio está sendo investigada. “A divulgação desse tipo de mensagem deturpada amedronta a sociedade e estimula a prática de delitos. Assim, presta um desserviço à sociedade tocantinense”, afirma a nota.

Entenda

Há uma semana alguns veículos da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros estariam sem circular por falta de combustível. De acordo com um áudio que está circulando nas redes sociais a determinação é da própria gestão estadual.

Segundo um policial, que preferiu não se identificar, desde o dia 15 que os veículos do setor administrativo não podem abastecer no posto de combustível do Estado, que fica ao lado da Ponte da Integração Fernando Henrique Cardoso. (Jornal do Tocantins)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.