prefeitura-de-sampaio

O Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), anulou em 2014, o concurso público da Prefeitura de Sampaio, realizado em 2011, por maracutaias no certame que comprometeram o resultado. De lá, para cá, o prefeito Luiz Anacleto (PP), vem mostrando pouco apreço pela Justiça tocantinense e se nega a cumprir a decisão.

Este mês, a Justiça voltou a se manifestar, agora por meio do juiz Jefferson Davi Asevedo Ramos, da Comarca de Augustinópolis, a qual Sampaio está ligada. O magistrado emitiu um despacho alertando o prefeito e dando um prazo de 30 dias, que já vencem no próximo dia 5, determinando que Luiz Anacleto anule o concurso.

O prefeito parece não estar muito preocupado com a medida do juiz e até agora, faltando 9 dias para o cumprimento da determinado, Luiz Anacleto não tomou nenhuma atitude.

Os problemas no concurso

As denúncias são graves quanto a lisura do concurso, como: aprovação de membros da Comissão Especial para Acompanhamento e Fiscalização do Concurso Público e da Comissão Permanente de Licitação; aprovação de diversos parentes do prefeito e questões das provas aplicada pela manhã repedidas nas provas à tarde.

O recurso pedindo a anulação foi proposto pelo Ministério Público Estadual (MPE), por meio de Ação Cível Pública. (Foto: Romanus Costa)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.