Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, o homem que havia sido preso na última terça-feira (29) por ejacular em uma mulher dentro de um ônibus e depois solto, foi preso novamente na manhã deste sábado (2), por volta das 8h, após atacar uma nova mulher dentro de um ônibus na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, na região do Jardim Paulista, em São Paulo. A informação foi confirmada ao iG pela Polícia Militar (PM).

O ajudante geral, que já foi acusado ao menos 16 vezes por diversos crimes sexuais, foi levado ao 78º Distrito Policial, nos Jardins. De acordo com a PM, ele praticou um ato obsceno próximo a uma mulher, que chamou atenção dos outros passageiros. Foram eles mesmos que evitaram a fuga do homem e acionaram a polícia.

Na decisão que liberou Diego de Novais da prisão, o juiz José Eugênio do Amaral Souza Neto afirmou “que não houve constrangimento tampouco violência ou grave ameaça, pois a vítima estava sentada em um banco de ônibus, quando foi surpreendida pela ejaculação do indiciado”. (Último Segundo)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.