O ex-prefeito de Goiânia Nion Albernaz, de 87 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (6) em sua casa, em Goiânia.

De acordo com nota divulgada pela família de Nion, ele vinha enfrentando uma série de episódios recentes de alterações de pressão. Segundo os médicos, teve falência múltipla dos órgãos.

Conforme a nota, o corpo de Nion deve ser velado a partir das 22h desta quarta-feira no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia. O enterro está agendado para 10h desta quinta-feira (7), no Cemitério Santana.

Biografia

Nion Albernaz nasceu na cidade de Goiás em 15 de abril de 1930. Ele foi prefeito de Goiânia por três vezes. Eleito vereador em Goiânia (PSD) em 1956, foi nomeado diretor-geral da UFGO (1963-1966) e ocupou o cargo de Secretário Municipal de Fazenda de Goiânia na administração Iris Rezende (1966-1968), o qual acumularia com a presidência da Companhia de Habitação de Goiás no governo Otávio Lage.

Decretado o bipartidarismo ingressou no MDB e retornou à Secretaria de Fazenda (1979) na breve passagem de Daniel Antônio pela prefeitura de Goiânia.

Com a eleição de Iris Rezende ao governo do estado em 1982 foi nomeado prefeito (1983-1986) de Goiânia. Eleito deputado federal, foi o mais votado do estado de Goiás pelo PMDB em 1986, venceu as eleições para prefeito de Goiânia em 1988 e retornou ao cargo também por voto direto em 1996 quando estava filiado ao PSDB.

Luto

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), decretou luto oficial pela morte do ex-prefeito, cancelou as agendas desta quarta-feira no interior do estado. Por meio de redes sociais, ele lamentou a morte de Nion. Na publicação ele afirmou que Albernaz “foi um grande líder político e um ser humano generoso e de honradez única”.

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), também lamentou o falecimento de Nion. Conforme nota divulgada, ele afirma que “os dois têm longa história juntos, marcada sempre por muito respeito recíproco e admiração mútua”. O adminsitrador também decretou luto oficial de três dias na capital por causa da morte do colega.

Várias autoridades e políticos usaram suas redes sociais para lamentar a morte do ex-prefeito. (Mais Goiás)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.