image (2)

A Polícia Civil começou a ouvir as testemunhas no caso do assassinato da ananaense Ana Lúcia Feitosa, de 23 anos. O crime ocorreu na madrugada do último sábado, dia 17 de outubro, quando Ana Lúcia foi morta na frente do filho de apenas 3 anos, na quitinete onde morava, na Quadra 604 Sul, em Palmas.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), as investigações estão em andamento. Ainda conforme a pasta, a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP) intensificou as buscas no sentido de localizar o companheiro da vítima, Cleones da Silva Sousa, 42 anos, considerado o principal suspeito do crime.

Conforme o delegado João Sérgio Kenupp, os moradores das quitinetes vizinhas informaram que ouviram brigas durante a madrugada e, por volta das 4 horas, Sousa teria sido visto saindo da casa com os pés sujos de sangue. Para a polícia, a morte teria sido motivada por ciúmes. (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.