Procon Araguatins

O Núcleo Regional do Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), em Araguatins,alerta que os serviços bancários, sobretudo de compensação de cheques, são considerados essenciais. Portanto, a paralisação dos bancos não pode deixar os consumidores sem opções. Diante disso, o órgão dá algumas dicas de como enfrentar a paralisação.

A primeira delas é que o consumidor deve buscar meios alternativos para quitar um débito. Boa parte das contas pode ser paga nos terminais de autoatendimento, casas lotéricas e débito em conta, no caso de água, luz e telefone. Se a compra tiver sido realizada em uma loja de departamento, por exemplo, pode ser paga na própria loja.

Além disso, o cliente pode ainda procurar o local onde efetuou a compra para saber quais possibilidades são oferecidas para quitação do débito. Caso o fornecedor não disponibilize ou dificulte outras opções e locais de pagamento, o consumidor deve documentar essa tentativa de quitação do débito junto ao Procon.

O consumidor não pode ser prejudicado ou responder por qualquer prejuízo por problemas decorrentes da greve. A responsabilidade do banco pelos prejuízos causados aos consumidores decorre do risco de sua atividade e não pode, sobre qualquer pretexto, ser repassado ao consumidor.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.