Sem título

Após assassinar na Cadeia Pública de Augustinópolis o detento, João Batista Pereira de Sousa, de 48 anos, na tarde deste domingo, 4, o presidiário Edson Pereira dos Santos, conhecido como “Pantera”, disse em depoimento da Delegacia que voltará a matar. Pantera se intitula Mensageiro de Jeová e Profeta do Senhor dos Exércitos.

Para matar João Batista ele utilizou um chuncho, um instrumento pontiagudo de fabricação artesanal, após ter um surto e garantir que trazia a profecia sobre o fim do mundo e que esse assassinato serviria como exemplo.

Pantera estava preso pelo roubo de uma motocicleta. Ele está isolado em uma das celas e aguarda transferência para outro local. Já a vítima cumpria pena por homicídio e ocultação de cadáver.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.