Os índios das etnias Krikatis, Guajajaras, Gaviões, Kreniê, Canela e comunidades quilombolas, ocuparam nessa segunda-feira (5), a sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Imperatriz.

Os indígenas protestam por questões relacionadas ao atraso da demarcação de terras, e também, a ocupação indevida de reservas e a grilagem de terras, que ameaça a tranquilidade das tribos.

Francisco Guajajara de uma tribo do município de Grajaú diz que a principal reivindicação é território, e por isso, resolveram vir a Imperatriz cobrar posicionamento da Funai. “Queremos território, moradia, e não vamos sair daqui enquanto não tivemos uma resposta da Funai”, avisa o indígena.

De acordo com o cacique da tribo Kriniê, de Barra do Corda, os índios vivem em periferias por falta de um território próprio. Os manifestantes ganharam o apoio de quilombolas de várias cidades do Estado. Uma reunião deve acontecer nesta terça-feira com representantes da Funai para discutir a situação. (iMirante)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.