Resize

A integração da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Prefeitura Municipal, a Fundação Vale e o Instituto Synergos sinaliza com novas  ações e investimentos estruturais no município de Canaã dos Carajás, na região Sudeste do Estado, como parte do Pacto pela Educação do Pará, conjunto de ações do Governo do Estado, prefeituras, instituições e empresas parceiras para elevar a educação no Estado em cinco anos. Uma dessas novas ações é a elaboração de um projeto de construção, em breve, de duas escolas estaduais públicas – uma de Ensino Médio e outra de educação profissional – no município, por meio da parceria entre esses quatro setores.

Esse projeto começou a ser formatado nesta quarta-feira (7), na sede da Seduc, onde a secretária de Estado de Educação, Ana Cláudia Hage, participou de reunião com o prefeito Jeová Andrade e dirigentes da Fundação Vale e do Instituto Synergos. Os gestores apresentaram ações concretizadas no setor educacional do município e também demandas, as quais tiveram seu atendimento já encaminhado pela Secretaria de Educação.

“A proposta do Pacto pela Educação do Pará é a de fazer a educação melhorar sempre. Por isso, buscamos parceiros como se verificou, por exemplo, na Escola Genenal Gurjão, em Belém, que acaba de ter uma programação de revitalização do ambiente escolar concluída com parceiros do Pacto. Somente com parcerias, a educação pode avançar”, afirmou a secretária Ana Cláudia Hage, ladeada pela diretora do Instituto Synergos, Wanda Engel, e pela secretária municipal de Educação, Jacqueline Moura.

O município de Canaã dos Carajás integra o grupo de 19 municípios-piloto do Pacto pela Educação. “Somos parceiros do Estado, estamos à disposição para trabalhar neste Pacto, não só em Canaã, mas no Estado todo”, observou o prefeito. Em Canaã dos Carajás funcionam 18 escolas municipais e duas estaduais. São quase 16 mil estudantes matriculados.

A educação pública em Canaã dos Carajás tem recebido ações como a formação de professores e outros profissionais de Educação; organização de líderes de turma; implantação do Dia da Família na Escola; reuniões com lideranças comunitárias visando ações no Pacto; adoção de novas metodologias de ensino; assessoramento pedagógico; reestruturação de refeitórios, inclusive, com adoção de sistema self-service para estudantes; informatização nas escolas; reconstrução e construção de unidades escolares e instalação do comitê gestor do Pacto.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.