Nos últimos três meses, o projeto Nos Trilhos do Desenvolvimento formou 51 educadores sociais em seis municípios maranhenses. A formação tem o objetivo capacitar integrantes da comunidade e lideranças locais para que possam mobilizar a comunidade para ações de sustentabilidade.

Todas as pessoas capacitadas também tiveram a oportunidade de fazer oficinas de reciclagem sobre temas importantes para o projeto, como o engajamento comunitário e práticas de permacultura.

Além da formação de educadores sociais, o projeto mobilizou 400 pessoas por meio das Tendas Literárias, com ações de estímulo ao hábito da leitura. O Cinema Itinerante, outra ação do projeto, reuniu 300 pessoas durante a exibição de filmes em espaços públicos.

Houve, ainda, a pintura de 21 casas com tinta de terra produzida pelos próprios moradores e a produção de 2.250 mudas que devem ser plantadas nas margens de rios e igarapés, quintais, ruas e praças.

Em 2015, o projeto já atendeu mais de duas mil pessoas em Açailândia, Santa Rita, Alto Alegre do Pindaré, Buriticupu, Bom Jesus das Selvas e Itapecuru Mirim. A iniciativa busca promover a melhoria da qualidade de vida das comunidades por meio de ações em saúde, renda, educação e cultura.

O projeto Nos Trilhos do Desenvolvimento é desenvolvido pelo do Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (CPCD) em parceria com a Fundação Vale. (iMirante)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.