1445945956-869681200

A greve dos servidores da Justiça do Maranhão completa nesta terça-feira (27), quinze dias. Na pauta de reivindicações, a categoria cobra a reposição das perdas inflacionarias, referentes ao período de 2014.

De acordo com o Sindicado dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão (Sindjus), o percentual exigido pelos servidores é de 6,3%. No entanto, após algumas reuniões com a gestão do TJ-MA, ainda, não houve um acordo com a Justiça e os servidores.

O sindicado, também, informou que em Imperatriz, a paralisação é na frente do Fórum de Justiça, mas na Capital São Luís será realizada uma passeata até o Palácio dos Leões. Esse é o segundo ato público dos
servidores em território ludovicense.

A paralisação está ocorrendo em mais de 100 comarcas do Estado e a adesão está em torno de 65% dos servidores.

De acordo com o diretor jurídico do Sindjus, em Imperatriz, Rivelino Alves, os serviços essenciais estão mantidos assim como o percentual de 30% dos servidores estão trabalhando, em obediência à lei de greve.

Rivelino Alves, também, destacou que o comando de greve foi recebido pela Secretaria de Estado de Articulação Política, que prometeu estudar o caso. (iMirante)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.