16

A Prefeitura de Tocantinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceria com outras pastas realizou na última sexta-feira (16), a segunda reunião para discutir a implantação da “Agenda 21” no município. O encontro aconteceu no auditório da Diretoria Regional de Educação e contou com a participação dos agentes comunitários de saúde e endemias, professores, alunos e representantes dos poderes legislativo e executivo.

O encontro contribuiu para consolidar a atuação da Prefeitura de Tocantinópolis alinhando as estratégias de desenvolvimento sustentável, além de elaborar e também coordenar a implantação da Agenda 21, que trata de um compromisso dividido entre as áreas do meio ambiente, saúde, agricultura familiar, educação e tecnologia, esporte e lazer, cultura, desenvolvimento sustentável, recursos naturais e infraestrutura.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Antônio Queiroz, a implantação da Agenda 21 em Tocantinópolis é um marco no que se refere ao desenvolvimento sustentável resultando numa melhor qualidade de vida para a população. “Mais uma vez nos reunimos para debatermos juntos um assunto importante e da mais alta relevância para que nós possamos ter um meio ambiente melhor, onde cada um de nós dentro da razão e da experiência que temos, possamos montar uma agenda que venha atender realmente as necessidades do nosso município e do nosso planeta que tanto pede e necessita, pois fazendo a nossa parte com certeza as coisas irão fluir melhor e o meio ambiente é que irá agradecer”, disse Antônio.

Representando o poder legislativo, a vereadora Eleny Araújo destacou que o momento de se discutir as questões ambientais é este, pois ultimamente o município tem vivenciado diversos fatores que vão à contramão da preservação ambiental. “Discutir as questões ambientais hoje é um bem necessário diante dos problemas que temos visto em nosso município. Nós enquanto agentes comunitários de saúde temos discutido diariamente essas questões relacionadas ao meio ambiente junto com moradores, visando a conscientização de todos para que a comunidade tenha novos hábitos quanto à preservação do meio ambiente”, destacou.

A representante da Diretoria Regional de Educação, Josicléia de Oliveira Sousa frisou sobre a importância de a sociedade participar desses encontros. “Se nós não regaçarmos as mangas hoje, nós não iremos dar um passo à frente, pois este é o momento ímpar para nós falarmos e discutirmos sobre a Agenda 21 do município. As críticas são muitas no município, mas na hora que tem a abertura da pessoa colocar ideias, as ações e o que eles tem que trabalhar dentro do município em relação a questão ambiental, não aparecem, cruzam os braços, somem e, esse é momento de estar colocando e mudando a cara do município em relação ao meio ambiente”, pontuou.

A técnica do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Viviana Locatelli destacou durante sua fala, que o momento é muito importante para a elaboração da Agenda 21 do município de Tocantinópolis e a sociedade precisa estar participando ativamente dessas ações.

“Temos que participar desse encontro porque a gente verifica a disponibilidade do município em fazer algo e que isso não fique apenas no papel, que nós realmente possamos implementar essas ações e possamos vivenciar os resultados dessas ações, porque a situação está crítica. Tiramos exemplo pelo nosso Lajinha, que um dia existiu aqui em Tocantinópolis. Nós já fizemos uma avaliação há três semanas atrás e o Lajinha não está mais existindo, secou o Lajinha, secou as nascentes do Lajinha. Pode ser que nesse próximo período chuvoso ele retorne, mas com muitas dificuldades de se manter. Sabemos da poluição de todos os córregos daqui, mas infelizmente a gente só vai poder resolver esse e outros problemas ambientais se nós conseguirmos vivenciar essa ação, não só pondo no papel, mas vamos nos comprometer e pôr em prática pra que nós possamos ainda usufruir de alguma coisa boa do meio ambiente”, destacou Viviana.

Segundo o articulador do Selo Unicef e Secretário Executivo para Assuntos Ecológicos, Emivaldo Aguiar a ação proposta pela Prefeitura é elencar juntamente com a sociedade civil, metas e ações para a implantação da Agenda 21 em Tocantinópolis. “Esse é o segundo encontro que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente realiza para a elaboração da Agenda 21 Local. Acreditamos que com a participação e o envolvimento de todos os seguimentos da sociedade iremos implantar em breve um novo modelo de sustentabilidade e proteção ambiental em nosso município, na certeza que será um exemplo ecologicamente correto e eficaz para o meio ambiente e para a coletividade como um todo”, destacou.

Implantação da Agenda 21 Local

A Agenda 21 Local é o processo de planejamento participativo de um determinado território que envolve a implantação, ali, de um Fórum de Agenda 21. Composto por governo e sociedade civil, o Fórum é responsável pela construção de um Plano Local de Desenvolvimento Sustentável, que estrutura as prioridades locais por meio de projetos e ações de curto, médio e longo prazos. No Fórum são também definidos os meios de implementação e as responsabilidades do governo e dos demais setores da sociedade em todo o processo, que consiste ainda no acompanhamento e revisão desses projetos e ações.

Presenças

Estiveram presentes no segundo encontro de elaboração da Agenda 21 de Tocantinópolis o secretário de Meio Ambiente, Antônio Queiroz, que no ato representou o prefeito Fabion Gomes; o secretário executivo para Assuntos Ecológicos e articulador do Selo Unicef, Emivaldo Aguiar; a vereadora Eleny Araújo; o diretor do CEMGTI Darcy Marinho, Ítalo Silveira; a representante da Diretoria Regional de Educação, Josicléia de Oliveira; a representante do Naturatins, Viviana Locatelli; o presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), Lázaro Gomes Leite; o representante da FUNAI, Bruno Fragoso; o representante dos servidores da FUNASA, José da Silva; o presidente da Associação da Aldeia Prata, Joel Apinajé; agentes comunitários de saúde e endemias e professores e alunos da Escola Paroquial Cristo Rei, dentre outros. (Dirceu Leno)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.