destaque-228989-imagemO secretário de Estado de Transportes, Kleber Menezes, negociou com o ministro da Aviação Civil e priorizou os aeroportos de Redenção, Itaituba, Breves e Paragominas, pelos critérios de saúde e segurança: os quatro têm ou estão para ter hospitais regionais.

O Pará lançou mão de renúncia fiscal de receita, num momento de crise econômica nacional, e incentiva novas rotas dentro do Estado e as internacionais. Inicialmente será um avião com 30 lugares na roda de Redenção, Marabá e Belém. A previsão é ainda para este mês. (Bacana)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.