Carlos Alexandre da Silva

A manhã desta segunda-feira, 23, começou violenta em Araguatins. Por volta das 9h, a Polícia Militar (PM), foi acionada via 190 para atender um chamado de tentativa de homicídio na Rua 31 de Março, no bairro Nova Araguatins.

No local a PM foi informada que houve vários disparos de arma de fogo, feitos por dois homens que chegaram em uma motocicleta, sacaram as armas e descarregaram contra Carlos Alexandre da Silva, vulgo “Pezão”, pedreiro de 32 anos.

Pezão conseguiu fugir sem ser atingido. A testemunha não soube especificar a cor da moto ficando entre roxa ou vermelha, disse ser uma Honda Fan e que quem efetuara os disparos foi um homem baixo e branco e outro forte e alto, sem mais descrição que pudesse elucidar os fatos.

Pezão é detento e estaria trabalhando sob liberação judicial. Ele foi condenado pelo crime de estupro seguido de morte praticado contra a menor M. L. M. N., de 07 anos, em 8 de janeiro de 2012. No momento do incidente Pezão estava fazendo serviço de pedreiro.

Pezão disse não saber a razão do atentado contra sua vida.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.