O resultado das eleições municipais deste ano, mostra uma redução na representação da bancada feminina para a próxima Legislatura nas Câmaras Municipais do Bico do Papagaio. Nos três maiores colégio eleitorais da região, Araguatins, Tocantinópolis e Augustinópolis, apenas o último citado, manteve o número de cadeira para mulheres. Os outros foram reduzidos à zero.

Araguatins que possui o maior eleitorado da região, o parlamento que há pelo menos quatro legislatura possuía pelo menos uma vereadora, viu na eleição deste ano, nenhuma mulher acender ao cargo. A melhor colocada foi a candidata Professora Dina (PR), com 315 votos, sendo a 16ª no geral, ficando como 3ª suplente na coligação PSDB / DEM / PR / PSB / SD / PSL / PDT.

Em Tocantinópolis que na eleição de 2012, havia eleito uma vereadora, também viu em 2016 essa vaga ser eliminada. A Câmara a partir de 2017, também contará apenas com homens. A mulher mais votada foi Patrícia Barroso (PSD), que alcançou 287 votos, ficando na 20ª colocação no geral e na 3ª suplência de sua coligação.

Apenas Augustinópolis manteve o número de cadeiras femininas conquistadas em 2012. Lá, duas mulheres foram eleitas, Angela do Rapadura (PSDB) e Luizinha (PP), sendo que a primeira foi reeleita.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.