16_10_2016___crio_de_nazar___jssika_ribeiro_22

Em plena demonstração de fé e devoção, cerca de 240 mil romeiros, segundo estimativa da Polícia Militar, peregrinaram o percurso de 7,5 quilômetros em Marabá, sudeste do estado, marcado por comoção e alegria dos devotos. A procissão do 36º Círio de Nazaré em Marabá se destacou como a mais rápida entre as últimas edições, com saída por volta das 7 horas e chegada ao Santuário de Nossa Senhora de Nazaré às 11h18 horas, durando cerca de 4 horas de caminhada e missa de encerramento no Santuário.

O público superou a expectativa da coordenação que previa 200 mil romeiros na homenagem de fé á Virgem de Nazaré. Com os pés descalços e segurando a imagem de Nossa Senhora nas mãos, Giselda Gomes de Sousa participa do Círio há mais de 30 anos e neste ano decidiu pela primeira vez ir segurando a corda em agradecimento pela cura do seu filho. “Eu pedi pra ela e hoje graças a Deus ele está bem. Eu só tenho a agradecer demais a Nossa Senhora de Nazaré”, disse Giselda.

destaque-383099-bbbb

A missa campal, presidida pelo Bispo Dom Vital e concelebrada pelos padres da Diocese, deu inícioao 36º Círio de Nazaré às 6 horas da manhã deste domingo (16), em frente à Catedral Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na Velha Marabá.Após a missa campal o Padre Antônio Maria entoou as canções Nossa Senhora de Roberto Carlos e Noites Traiçoeiras, proporcionando um momento de muita emoção para os fiéis e marcando a saída da procissão.

Para o Padre Antônio Maria, convidado especial da festa, o momento é de fé e muita festa para os fiéis onde toda a comunidade de torna uma só família. Por voltas das 7h20 minutos, a imagem de Nossa Senhora foi levada pelo Bispo Dom Vital até a berlinda, dando início à grande procissão que levou o tema: “Maria ajudai-nos a viver a misericórdia”. “É uma forma de sermos bons católicos no dia de hoje, com tantas pessoas que sofrem e precisam de nós. Pedimos a Maria que ela nos ajude a vivermos a Misericórdia como Jesus”, relata o Bispo Dom Vital.

Homenagens

Um dos momentos mais marcantes do Círio foi à parada no Bambuzal, ainda na Velha Marabá, quando todos os devotos se ajoelharam e ergueram os braços num ato de fé, rendendo graças à intercessora Nossa Senhora de Nazaré. Às 8h30 horas a procissão chegou à Rodovia Transamazônica em direção à rodovia VP 07. Ao longo do percurso foram realizadas mais 7 paradas com homenagens e queima de fogos à Senhora de Nazaré. (Diário do Pará)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.