img-20161017-wa0053

Mais uma vez o Tocantins está sendo representado na área educacional, científica e tecnológica a nível internacional. Os alunos do Colégio Santa Luzia, de Imperatriz-MA, Emanuela Lopes de Alcântara, Mauro Victor de Azevedo Gomes, residentes em Augustinópolis e Maria Eduarda Sobrinho Galvão residente em Araguatins, no dia 13 de outubro, receberam a grande notícia que seu Projeto de Pesquisa “Sistema de Auxílio para pais com deficiência auditiva”, apresentado na Mostra Científica/2016 do Colégio Santa Luzia foi premiado com o credenciamento na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec Júnior/2017).

A Mostratec é uma feira de ciência e tecnologia realizada anualmente pela Fundação Liberato, na cidade de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul e conta com a participação de 640 projetos de pesquisa do Brasil e de vários países, além de eventos integrados como: SIET- Seminário Internacional de Educação Tecnológica, Mostratec Júnior, Robótica Educacional e atividades esportivas e culturais.

img-20161017-wa0054

 

O Projeto contemplado tem como objetivo, o desenvolvimento de um protótipo na plataforma Arduino que auxilia pais com deficiência auditiva a perceber o choro de seus filhos. Este protótipo é capaz de captar sinais sonoros emitidos pelo criança e informar aos pais através de sinais luminosos em consonância com o sinal sonoro emitido pela criança.

Os alunos tiveram como Orientador do projeto, o professor de Física do Colégio Santa Luzia, Geordany Melo Correa Coelho.

Os alunos contaram com o apoio do professor Rayllon Rodrigues Sousa Reis, Licenciado em Computação pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Tocantins – IFTO, Campus Araguatins. (Cláudio Galvão)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.