image

O Tribunal Regional da Federal da 1° Região condeu um hábeas corpus para o ex-governador do Tocantins Sandoval Cardoso (SD), na tarde desta sexta-feira (28), por volta 16h30. De acordo com a Justiça Federal, para ser liberado, o ex-governador terá que pagar fiança de R$ 50 mil. A Justiça determinou também que ele compareça em juízo uma vez por mês, além de proibi-lo de manter contato com demais investigados na operação.

Conforme a defesa do ex-governador, o valor já está sendo pago e ele deve ser solto no início da noite. Cardoso foi preso na operação Ápia da Polícia Federal, que começou no dia 13 deste mês e que investiga um esquema de fraude em licitações, que supostamente desviou R$ 200 milhões no Tocantins. Ele está preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas desde o dia em que a operação começou.

Segundo informações da Justiça Federal, além do ex-governador também foi concedido um habeas corpus para Humberto Siqueira, um dos empreiteiros suspeitos de envolvimento no esquema. Ele era considerado foragido depois que a Justiça decretou a prisão preventiva dele no dia 22 desse mês. (G1)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.