crime-pls

Nesta quarta-feira, 5, por volta das 17h, BR-226, nas mediações de Palmeiras do Tocantins, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), abordou o ônibus Expresso Satélite Norte LTDA, que culminou na prisão de passageiro por crime de receptação. A PRF não divulgou o nome do acusado.

Durante a fiscalização no interior do ônibus, foi observado o nervosismo e omissão de informações comprovadas posteriormente na fiscalização dos pertences do Srº A. C. C. C.

Na bagagem, foi encontrado e apreendido 22 unidades de Aparelhos telefônicos Smartphone, produto de furto/roubo.

Após ligar alguns aparelhos e entrar em contato com os donos, a polícia verificou que os aparelhos eram objetos de furto/roubo.

O passageiro fiscalizado embarcou em Paraíso do Tocantins e tinha como destino Imperatriz-MA. Segundo ele: “Um colega de São Luís-MA, (ROBERT), teria um contato em Tocantins (TITO), o qual teria uma remessa de aparelhos telefônicos smartphone, e, assim, me contratou para buscar”.

Foi paga a quantia de R$ 1.500,00 para (TITO), no momento da entrega dos aparelhos que seriam levados para São Luís-MA. Os equipamentos, que foram pegos em Paraíso do Tocantins, seriam revendidos em São Luís.

O passageiro foi enquadrado no crime de receptação (Art. 180  – Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte. (Redação dada pela Lei nº 9.426, de 24.12.1996) e foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil de Tocantinópolis para providências necessárias. (Ascom PRF)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.