dsc_0456

No último domingo, 23 de outubro, os participantes da 4° edição do Pedala Imperatriz, realizado pelo Imperial Shopping, levaram às ruas da cidade, disposição e força de vontade, estimulando a prática de exercícios físicos e hábitos saudáveis, além de contribuírem para as ações do Outubro Rosa. O ponto de partida do passeio ciclístico foi o estacionamento externo do empreendimento, os inscritos percorreram 10 quilômetros pelas principais ruas do centro de Imperatriz.

O passeio ciclístico tem se consolidado na cidade, e a cada ano mais pessoas se envolvem buscando alternativas saudáveis. A superintendente do Imperial Shopping, Fátima Almeida, reforça a força do projeto em Imperatriz. “Nosso passeio ciclístico já estar consolidado, é o quarto, tivemos mais de 700 inscritos e esse ano voltado para o Outubro Rosa. Foi muito bacana, uma festa muito bonita e a cada ano se fortalece”, disse.

A adminstradora Dayana Pereira, que participou pela primeira vez do evento foi acompanhada pela filha e uma amiga, afirma que o evento superou as expectativas. “O Pedala foi ótimo, muito bem organizado e um bom incentivo à prática de atividade física”, conta.

Ao final do passeio ciclístico, foram sorteados vários brindes aos participantes, o empresário Elias Alves foi um dos ganhadores e levou uma bicicleta para casa. “Essa é minha primeira pedalada e eu achei ótima. Agora vou levar essa bike para minha esposa, só faltava ela e agora a família inteira vai pedalar”, afirma o ciclista.

Os alimentos arrecadados, pré-requisito para as inscrição do evento, serão doados para o Instituto Amar Mais, ong que auxilia no tratamento oncológico e recebe mulheres do Maranhão, Pará e Tocantins, oferecendo auxílio com relação à estadia, alimentação e acompanhamento médico.

Ao longo do mês de outubro o Imperial Shopping vem realizando diversas ações voltadas para o Outubro Rosa, incluindo palestras, orientações, panfletagem e outras atividades gratuitas.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.