Siqueira durante coletiva na tarde desta quinta
Siqueira durante coletiva na tarde desta quinta

Após prestar depoimento na Polícia Federal, o ex-governador Siqueira Campos concedeu coletiva à imprensa sobre a Operação Ápia, que investiga fraudes em contatos de terraplanagem e pavimentação em 29 rodovias estaduais.

O esquema envolveu gestores e servidores entre os anos de 2013 e 2014, em que cerca de 70% de um recurso internacional no valor de R$ 1,2 bi, que foi aplicado na Agência de Transporte e Trânsito (Agetrans), que é vinculada na Secretaria de Infraestrutura (Seinf).

“No meu governo desconheço irregularidades. Fui atrás do dinheiro para as obras e corri para garantir algumas obras como as pavimentações Palmas-Porto Nacional, Palmas-Paraíso do Tocantins, em Ipueiras e Nazaré. Nem eu e nem Eduardo fizemos parte de esquemas. Não fiz acordos com ninguém”, afirmou o ex-governador.

“Não renunciei em 2014 em razão de qualquer esquema com empreiteiras, mas sim para viabilizar a candidatura de Eduardo para governador, mas não deu certo.  E também não subi no palanque do Sandoval”, ressaltou. (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.