Nesta terça-feira, 17, os secretário municipais de Planejamento Urbano, Fidelis Uchôa, e Governo, Marlon Moura reuniram-se com os vendedores ambulantes da Avenida Beira Rio, que agora se encontra interditada para obras. O objetivo do encontro foi esclarecer os profissionais sobre onde eles irão trabalhar durante o período de obra.

Fidelis Uchôa ressalta que “a gestão do prefeito Assis Ramos tem o compromisso com esses profissionais, e nós pensamos na melhor forma de acomodá-los em outro local, para que não sejam prejudicados e continuem com suas atividades para o sustento da família”.

De acordo com informações da coordenadora de Postura, Maiara Nascimento, os vendedores serão realocados na Praça Mané Garrincha, até a conclusão da reforma. “Será feita uma demarcação na Praça e será feito um sorteio para a localização de cada barraca. Nós iniciaremos esse trabalho a partir de hoje, para que até o final de semana eles passem a trabalhar regularmente na praça Mané Garrincha”, informou.

Marlon Moura lembra que “é papel da gestão servir à população e para isso, busca resguardar o direito de cada cidadão. A medida vai garantir que essas pessoais não fiquem sem sua fonte de renda durante esse período”.

A medida beneficiará 60 ambulantes que terão novo espaço para comercializar seus produtos, comidas típicas, brinquedos e etc. Os apreciadores das delícias da Beira Rio podem procurar os serviços na Praça. Os profissionais irão trabalhar no mesmo horário em que trabalhavam na Avenida, no final da tarde e durante a noite. Na reunião ficou acorda a transferência imediata. (Sara Batalha)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.