Levar propostas para moradores e criar fontes alternativas de renda, este é um os objetivos do Projeto Investe Araguaína nos Bairros, apresentado na reunião de ontem, 11, para alunos, pais, comerciantes e representantes de entidades de classe do Setor Costa Esmeralda. Na próxima segunda, 16, no mesmo local, será realizada outra reunião, às 19h30.

As reuniões são como preparação junto com os moradores para  o encontro geral no dia 28, onde serão ofertadas dez oficinas, com temas diversos; geração de emprego; oportunidades de trabalho; qualificação; empreendedorismo, entre outros. Posteriormente, a Prefeitura realizará reuniões e encontros nos setores Lago Azul, Vila Azul e Novo Horizonte.

O secretário do Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Município, Júnior Marzola disse que esses setores foram escolhidos por serem mais distantes e onde os moradores têm mais dificuldades de geração de renda. “Queremos realizar um cadastramento nestes setores para saber quem está trabalhando e quem não está, para poder oferecer oportunidades de qualificação com cursos profissionalizantes”, disse.

De acordo com o secretário é importante conhecer as potencialidades das pessoas do setor. “Eles podem se organizar para o desenvolvimento econômico do setor, com o comércio local. Podem por exemplo criarem uma padaria comunitária”, sugeriu.

Ouvindo a comunidade

O presidente da Associação de Bairro do Costa Esmeralda, Wanderson Gleydson de Souza, convidou os moradores para a reunião. “Acho muito importante pra gente ver as ideias que eles estão propondo para nosso setor. É o momento também de apresentarmos nossas propostas”.

Dentro das propostas dos moradores estão a produção de pamonha e paçoca, fabricação comunitária de sabão e sabonete, cursos profissionalizantes, curso de informática e outros.

O músico Raimundo Rodrigues Dias tem um bar no setor. “Essa proposta traz uma alegria, sinal que tem gente preocupada conosco, traz mais força pra gente. São pessoas que estão querendo trazer melhorias para nosso bairro e isso é muito gratificante”, comentou

Dias ainda reforçou a mão de obra qualificada também como combate às drogas. “A gente vê jovens e adolescentes no mundo das drogas e pensamos em socorrer, temos que lutar pra resgatar. Temos vontade de ver os filhos da gente e dos vizinhos com um futuro amanhã e cursos profissionalizantes são uma saída”.

Parceiros

São parceiros do Projeto Investe Araguaína nos Bairros o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Conselho Consultivo das Associações de Bairro de Araguaína (CCABA), Sistema Nacional de Empego (SINE), Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO), Sala do Empreendedor e secretarias do Município. (Gláucia Mendes/Fotos: Marcos Filho)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.