Últimas notícias

Homem é assassinado dentro de hospital em Araguaína

Jonathan Silva Santos, de 18 anos, foi assassinado na noite da última segunda-feira, 12, por volta de 20h30, dentro do Hospital Regional de Araguaína. De acordo com a Polícia Militar (PM), três homens armados e encapuzados entraram pelos fundos do hospital, renderam os seguranças e invadiram o lugar. Eles dispararam de cinco a sete tiros no paciente, que morreu na hora.

A delegada regional da Polícia Civil (PC), Verônica de Carvalho, disse que a vítima havia sido baleada por volta de 1h20, daquele mesmo dia, no Setor Jardim das Flores, em Araguaína. “Ela havia recebido vários tiros que atingiram o pé esquerdo, braço esquerdo, coxa esquerda e abdômen. A vítima foi encaminhada para o HRA, havia passado por uma cirurgia e estava em um leito, internada, quando o crime aconteceu”, relatou.

A delegada ainda contou que, com relato de testemunhas, é possível dizer que o caso tem característica de ação premeditada. “A suspeita é de que o crime tenha sido um acerto de contas. O vigilante contou que os bandidos disseram que vieram do Pará para matar um vagabundo que tinha executado um pai de família lá, seguimos então com essa linha de investigação”, detalhou. Jonathan não trabalhava e nem estudava.

De acordo com o diretor do HRA, Caio Diniz, a segurança do hospital é realizada por uma empresa terceirizada pela Pró-Saúde. “Oito homens estavam trabalhando na vigilância quando tudo aconteceu. Os bandidos renderam o porteiro e um dos vigilantes. A vítima estava em um leito de enfermaria na ala C, havia mais cinco pacientes no quarto na hora do ocorrido e nenhum deles ficou ferido”, disse.

Uma testemunha, que não quis se identificar, disse que tinha uma prima da vítima no quarto e os bandidos pediram que para ela se escondesse no banheiro e atiraram somente no jovem. “Foi um momento de horror, nunca vi algo parecido”, descreveu.

Repercussão

Em nota, a PM afirmou que o HRA tem segurança privada não sendo atribuição deles o policiamento e guarda interna do local, e que duas viaturas da polícia compareceram ao local na hora da ocorrência.

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesau) informou, também por meio de nota,  que a direção do hospital acionou a polícia para que as buscas pelos suspeitos sejam feitas e a investigação iniciada. “O HRA lamenta profundamente o ocorrido e destaca que já está trabalhando para prestar toda a assistência aos familiares da vítima, demais pacientes e funcionários do hospital e, sobretudo, contribuir com os trabalhos da polícia.”Policiais civis e militares estão em diligências na tentativa de localizar os autores do crime. Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para investigar o caso.

Vítima

Jonathan Silva Santos, de 18 anos, foi morto a tiros na noite da última segunda-feira enquanto se recuperava de outros tiros que havia levado na madrugada do mesmo dia. (Jornal do Tocantins)

Deixe seu comentário