O projeto de empreendedorismo social desenvolvido pela presidente da Cooperativa de Agricultores Familiares de Primavera (Cooprima), Joelma Trindade Nunes, foi um dos 15 trabalhos reconhecidos pelo Prêmio Acolher 2015, promovido pela empresa Natura. A iniciativa, intitulada “Transformação da Coletividade na Sustentabilidade Ambiental”, foi selecionada entre mais de 800 inscritas por consultores da Natura de todo o País. No site www.movimentonatura.com.br é possível conferir mais detalhes do projeto premiado, que tem como objetivo estimular, por meio da Cooprima, o desenvolvimento de famílias de agricultores em palestras e cursos de formação sobre o uso de agrotóxicos, compostagem orgânica, adubação verde e preservação ambiental.

 A conquista do prêmio abre portas para a participação em um programa de formação em projetos sociais da Natura. Além disso, a autora do projeto receberá um apoio financeiro de R$ 15 mil, que será destinado para melhorias no projeto. “Nosso próximo passo será desenvolver uma sede para a cooperativa, onde pretendemos atender crianças carentes da região, com ações destinadas à preservação do meio ambiente. Também desenvolveremos atividades de formação empreendedora com todos os produtores rurais de Primavera, para auxiliá-los a expandir seus negócios”, afirmou Joelma Nunes.

Sobre o projeto

O projeto “Transformação da Coletividade na Sustentabilidade Ambiental” foi elaborado, em 2007, quando Joelma Nunes foi convidada para trabalhar como secretária em uma associação de produtores rurais de Primavera (PA). Logo que iniciou o trabalho, Joelma percebeu a necessidade de conscientizar os associados sobre questões ambientais, como os perigos do uso de agrotóxicos e das queimadas. Em 2009, após amadurecer a ideia, a empreendedora conseguiu tirar o projeto do papel e implementá-lo na associação.

 O projeto idealizado por Joelma recebeu o apoio de entidades e empresas, como a Votorantim Cimentos, que cedeu uma área de plantio de mais de 45 hectares, incluindo as instalações elétricas, insumos e implementos agrícolas para os produtores. Em 2011, a associação se transformou na Cooprima, cooperativa de agricultores formada por 30 famílias que vivem na região. “O apoio para a consolidação da Cooprima possibilitou incrementar as atividades do meu projeto e contemplar mais famílias. Por isso, considero o reconhecimento que conquistei um ganho não só meu, mas de todos os apoiadores e das pessoas beneficiadas. Agora, é seguir trabalhando na iniciativa para crescer cada vez mais”, acrescentou Joelma.

 O gerente de projetos da Votorantim Cimentos de Primavera, Alexandre Mouta, parabenizou a conquista de Joelma Nunes e ressaltou que empreendedores que trabalham por transformações na comunidade merecem ser valorizados. “Ficamos felizes que a nossa contribuição tenha estimulado a associação a evoluir e crescer, com projetos que fomentam a economia solidária e o desenvolvimento sustentável”, afirmou.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.