image

Após três dias interditada, a BR-153, a partir do quilômetro 242, em Colinas do Tocantins, foi liberada na manhã de hoje, por cerca de duas horas e voltou a ser bloqueada, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Apesar da liberação às 8h40, um grupo de manifestantes permaneceu no local, e este retomou o bloqueio da rodovia, por volta das 10h40, segundo a polícia. Na BR-242, em Taguatinga, sudeste do estado, os caminhoneiros também liberaram o trecho, mas foi bloqueado novamente, há pouco. O protesto dos caminhoneiros começou no último domingo, seguindo a mobilização nacional, em rodovias de ao menos 14 Estados.

Os manifestantes pedem a redução do preço do óleo diesel, a criação do frete mínimo (este o governo reconhece que não conseguiu atender), salário unificado em todo o país e a liberação de crédito com juros subsidiados no valor de R$ 50 mil para transportadores autônomos. O grupo também reivindica ajuda federal para refinanciamento de dívidas de compra de seus veículos.

Ontem, a presidente Dilma Rousseff (PT) disse que o governo não permitiria que os caminhoneiros bloqueassem as estradas federais pelo país e que as polícias Rodoviária e Federal já estavam orientadas a agir contra as manifestações. (Jornal do Tocantins)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.