IMG-20151108-WA0390

A professora Maria Júlia Souza, de 43 anos, e a estudante Letícia Santos de Souza, de 20 anos, ambas de Buriti do Tocantins, morreram da tarde deste domingo, 8, vítimas de acidente de trânsito após a colisão entre a motocicleta Honda Bros que elas estavam e uma caminhonete Amarok, de cor prata e placa de Araguaína, guiada pelo comerciante, Expedito Pinto, conhecido como Pita, de Araguatins.

O acidente ocorreu na rodovia TO-010, próximo ao trevo com a rodovia TO-404, a cerca de 8 km de Araguatins.

Professora Maria Julia e estudante Letícia Santos
Professora Maria Júlia e estudante Letícia Santos

Junto com Maria Júlia e Letícia, estava a criança Pedro Lucas de Souza Garcia, de 2 nos, que acabou sendo socorrido pelo Corpo de Bombeiro e levado para o Hospital de Augustinópolis e logo em seguida para outro Hospital de Imperatriz-MA. Pedro Lucas é filho de Maria Júlia. O garoto continua internado recebendo cuidados médicos.

Os corpos da professora e da estudante foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML), já no final da madrugada desta segunda-feira, 9, e serão velados e sepultados em Buriti do Tocantins

O comerciante permaneceu no local até a chegada da Polícia. As circunstâncias do acidente ainda não foram oficializadas pela Polícia Técnica. Já testemunhas afirmam que uma ultrapassagem da camionete Amarok, sob uma camionete Hilux, guiada por Dermival Marques da Silva Junior, teria ocasionado o incidente.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.