DSC06477 (1)

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins (Sintras), denunciou ao Ministério Público as péssimas condições de transporte disponibilizado aos servidores da saúde lotados no Hospital Regional de Augustinópolis que atualmente prestam serviços na unidade hospitalar no município de Araguatins.

Esta não é a primeira vez que os servidores reclamam das dificuldades e do perigo que estão sendo submetidos durante o transporte para chegar ao trabalho, a diretoria do Sintras comunicou várias vezes a secretaria de saúde do estado e a direção do Hospital apontando a grave situação.

Conforme relatos dos profissionais transportados pela Van para chegar ao hospital além das péssimas condições das estradas cheias de buracos, houve situações de motoristas irregulares para condução do veículo, o qual conduzia em alta velocidade colocando em risco a vida dos passageiros.

E a superlotação também era uma das reclamações, pois, quando os serviços de pediatria, ortopedia e obstetrícia do hospital de Augustinópolis foram transferidos para o município de Araguatins, em virtude da reforma da unidade hospitalar havia dois veículos que transportava os passageiros, mas um constantemente estava na oficina.

Com isso, o Sintras vinha cobrando do Governo uma solução para a situação antes que acontecesse qualquer fatalidade com os profissionais de saúde, mas, não houve interesse no caso por parte da gestão, então o sindicato solicita a intervenção do Ministério Público.

No documento de nº 258/2015, no último dia 20, a presidência do sindicato reivindica a promotoria auxílio em defesa dos servidores, pois, diante da situação, há necessidade que a secretaria estadual de saúde garanta segurança a estes servidores disponibilizando veículos e motoristas cumprindo as exigências do código de trânsito brasileiro.

Além de ser encaminhada diretamente ao promotor Paulo Sérgio Ferreira Almeida na Comarca de Augustinópolis, também foi encaminhado ao comandante do CIPM de Araguatins Valdeone Dias da Silva e o comandante de Augustinópolis Auricélio da Cruz Souza.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.