image

Na manhã desta quarta-feira, 4, os deputados estaduais apresentaram uma nova proposta para o reajuste do Imposto de Propriedade Veículos Automotores (IPVA). De acordo com o deputado Olyntho Neto (PSDB), a proposta conta com o apoio dos 24 deputados e prevê uma alíquota de 2,5% do imposto para carros populares. Atualmente, essa alíquota é de 2%, mas passaria para 4%, em 2016.

Na proposta original do governo, que foi aprovada pelos deputados em setembro, o aumento do IPVA seria de 100% para carros populares. De acordo com Neto, no período da aprovação da proposta havia uma expectativa de que haveria um aumento do imposto nos estados vizinhos, o que segundo ele não teria ocorrido.

“Avaliamos e entendemos que o aumento foi demasiadamente grande e então estamos revisando”, afirmou o deputado tucano, que votou a favor do aumento proposto pelo governo. “Erramos e temos que corrigir”, acrescentou. Segundo ele, no Pará e no Maranhão a alíquota também é de 2,5% e em Goiás de 3%.

O deputado governista José Roberto (PT) afirmou que a revisão conta com o apoio do governo do Estado. “Esse mudança foi discutida com o secretário da Fazenda [Paulo Afonso] e acreditamos que foi possível chegar em um percentual que atende a necessidade do governo, de aumentar a arrecadação para honrar inclusive o pagamento dos servidores”, disse o petista.

A nova proposta para alíquotas do IPVA foi apresentada na sessão desta manhã e precisa passar pelas comissões de Constituição, Justiça e Redação; Defesa do Consumidor e Finanças, antes de ser votada no plenário. O intuito dos deputados é aprovar a mudança ainda nesta quarta. (Jornal do Tocantins)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.